"Ora, a leveza não é a simplificação, nem o reducionismo, mas o bom voo que nos permite ver mais longe." Ítalo Calvino

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Poesia urgente!

PRECE DE TUA VINDA

Caí em sono e no sonho era tua
corríamos um ao outro, sem guinada que viesse
mas não chegávamos ao encontro, como mar e lua
e novamente adormeci em prece

Que me fosse dado um dia de você
que o dia fosse eterno até o amor cansar
e mesmo com tanto fervor no pedido, cadê
o momento em que virá me tomar?

Se Deus Se ensuderceu a mim
e nada ouve além do meu desalento em pranto
espero que venhas como eu vim
e seja doce a descoberta, como teu olhar em canto

Em canto, meu encanto
de minha prece, não regresse
que te quero assim de um tanto
que sofri pra que viesse

Passa teu cigarro e sua bebida
não me prives de tua fala
não ocupes tua boca sofrida
se não for da minha, doce bala

Vem que te espero
menos que te quero






Constance von Krüger, em 14/09/2010. Não me copie sem os respectivos créditos ;-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário